segunda-feira, março 16, 2009



Conclusão dos aforismos pelintras.

Arroz de pato e um livro aberto são as armas do poder!


Aforismos pelintras.

O sexo é uma brincadeira de orifícios e o seu contrário.

sexta-feira, setembro 26, 2008


não critiques: sê original.


quem não tem formatos médios, inventa.


não te iludas: não é chuva, é dos olhos.


a única sueca que vale a pena conhecer.


pediram-me um texto para esta festarola. tempo perdido.


lar é onde nos recebem bem.


Pornography rapes your mind: use your own imagination.

sábado, agosto 30, 2008



no dia em que estas merdas acabarem os intelectuais saltarão de júbilo e este mundo ficará com uma cultura-fast-food.


o meu primo ali a tanger.


era para pôr aqui uma coisa intelectual mas um puto de 5 anos conduzia a junta de bois.


admito. pequei.


disse para mim, o melhor é experimentar aquilo que vês e assim fui com 50 cêntimos e uma marrada e não é que o gajo me fez logo uma pergunta retórica, vê como já se sente melhor da cabeça.
s. marcos


pária
Substantivo

1. indivíduo excluído da sociedade; marginal; à parte
2. casta desprezível entre os hindus, considerados impuros; os intocáveis.


ponha seu texto nesta ilustração. o melhor será premiado com o esquecimento.

domingo, setembro 30, 2007

sexta-feira, setembro 28, 2007



Les Chats

Les amoureux fervents et les savants austères
Aiment également, dans leur mûre saison,
Les chats puissants et doux, orgueil de la maison,
Qui comme eux sont frileux et comme eux sédentaires.

Amis de la science et de la volupté,
Ils cherchent le silence et l’horreur des ténèbres ;
L’Erèbe les eût pris pour ses coursiers funèbres,
S’ils pouvaient au servage incliner leur fierté.

Ils prennent en songeant les nobles attitudes
Des grands sphinx allongés au fond des solitudes,
Qui semblent s’endormir dans un rêve sans fin ;

Leurs reins féconds sont pleins d’étincelles magiques
Et des parcelles d’or, ainsi qu’un sable fin,
Etoilent vaguement leurs prunelles mystiques.

Baudelaire, Fleurs du Mal

terça-feira, setembro 18, 2007



Coração, Cabeça e Estômago

domingo, setembro 09, 2007

quinta-feira, julho 19, 2007



três coisas são certas
morte, impostos e perder amigos
adivinha qual acontece primeiro

haiku provinciano


quem nunca aqui esteve devia ter estado.


"Entendem cordatos fisiologistas que o amor, em certos casos, é a depravação do nervo óptico."

camilo castelo branco

ehehehehhhhhhhheheh


quem não gostar...atire a primeira heresia.


sê simples. não temas o piroso ou serás pedante: os dois opostos.

domingo, junho 10, 2007



senta-te. a espera mais não fará que desiludir-te.
:)


há lugares mágicos e "Não haver deus é um deus também" como dizia o Pessoa.

sábado, junho 09, 2007



se há belezas indescritíveis porque razão poderiam ser fotografáveis?

segunda-feira, maio 14, 2007



Quantas vezes a memória
Para fingir que inda é gente,
Nos conta uma grande história
Em que ninguém está presente.

f. pessoa- quadras ao gosto popular


Compras carapaus ao cento
Sardinhas ao quarteirão
Só tenho no pensamento
Que me disseste que não.

f. pessoa- quadras ao gosto popular
ática

domingo, maio 13, 2007



"Há apenas dois tipos de estado de alma constante em que a vida vale a pena ser vivida - com a nobre alegria de ter uma religião, ou com a nobre tristeza de se ter perdido uma."
f. pessoa- heróstrato e a busca da imortalidade

se tudo é assim tão nobre custará admitir que a dúvida perene e serena seja motivo de infelicidade. não é, senão para os prosétitos de religiões e grandes causas moralistas. a estes, atitudes de distância face a epopeias de dor pelos outros e pregões meramente tácitos de solidariedade longuínqua costumam fazer espumar de indignação patética. amén

sexta-feira, maio 11, 2007



“Um homem pode bater na sua mulher, cortá-la, rachá-la de alto a baixo e aquecer os pés no seu sangue; desde que, voltando a cosê-la, ela sobreviva; ele não comete nenhum malefício contra o senhor.” – COSTA, Ricardo da e COUTINHO, Priscilla Lauret. “Entre a Pintura e a Poesia: o nascimento do Amor e a elevação da Condição Feminina na Idade Média”


o resto é música...


There is an aggression implicit in every use of the camera.

-Susan Sontag

quinta-feira, maio 10, 2007



Dificilmente alguém poderá explicar porque gosta de uma imagem. Milhares de explicações são possíveis, todas plausíveis e nenhuma definitiva. Costuma também dizer-se que o melhor editor nunca é o próprio pois o cega a subjectividade. Ora nesta foto vejo condensados todo um país e um povo e mais não sei dizer. Nenhum editor a escolheria mas eu, como editor de mim próprio, escolho-a e até me atrevi a explicá-la: suma contradição…

sexta-feira, maio 04, 2007



Luis diz:
boi
calim diz:
cao
Luis diz:
estive a ver as tuas fotos
Luis diz:
insiste em manter-te á distncia
Luis diz:
insistes
calim diz:
queres grandes planos?
calim diz:
tenho milhares
Luis diz:
tens lá uuma foot da velha e do velho que gostaria de ter feito
Luis diz:
em abono da verdade estou farto d efotos d evelhos
calim diz:
ah, o senhor aos enfermos
calim diz:
vou colocar um grande plano de um belho e dedicar-to
Luis diz:
dedica
Luis diz:
sê vil


De prumo muito areado
Como quer o mestre primo
Puxam-lhe pelo calçado
A ver se aquilo tem cimo
.......................

MCV


"Se vos enfeitais demasiadamente, e andais em público, atraís os olhos dos mancebos, e levais convosco os seus suspiros, criais fervores na concupiscência, e acendeis a isca dos pecados..."

diogo de paiva de andrade


"Os problemas que atormentam os homens são os mesmos que atormentam os deuses"

f. pessoa

domingo, abril 22, 2007

"Se casardes com fea, tereis tormento, se com formosa, podereis temer, que não seja só vossa."
casamento perfeito- diogo de paiva de andrada


ora pensa lá bem na tua situação....
:)


amor e doenças

O amor é uma patologia: a paixão uma doença letal. Livremo-nos dos excessos até porque “entre a demasiada formosura, e disformidade das mulheres, há um parecer moderado, o qual está livre de perigo, que correm as mui formosas, e do fastio, que costumam causar as mui feias…segundo opinião de Diogo Paiva de Andrada. E de ósculos públicos seria de melhor parecer não fazer ostentação para que as ditas patologias não fossem espelho de amores.

domingo, abril 15, 2007



o paternalismo bem intencionado é a mais humilhante das posições.

sexta-feira, abril 13, 2007



“ O escrúpulo é a morte da acção. Pensar na sensibilidade alheia é estar certo de não agir. Não há acção, por pequena que seja – e quanto mais importante, mais isso é certo – que não fira outra alma, que não magoe alguém, que não contenha elementos de que, se tivermos coração, nos não tenhamos que arrepender.
…”
Barão de Teive – a educação do estóico

Bem parece assim mas não deixa de ser certo que é melhor pecar por inconveniente que por hipócrita. E a inconveniência passa por ser cínica, sarcástica, escaninha, zombeteira, sardónica, mordaz, irónica ou outros termos correlativos que ninguém saberá bem definir pois dominam as sensibilidades mais apostadas em descobrir conspirações em conluios sem intenção de ataque algum. Assim se afastam amigos, pseudo amigos, para-amigos, potenciais amigos…e relações que se tomavam por certas nas escorregadelas do tempo se deitam fora para o olvido da vida. Seja que a inacção escrupulosa e potiticamente correcta será a receita para eternizar estreitezas pastosas entre seres que até se atraem.

Ite missa est


efe diz:
mas sabes pq? porque um tipo qq de um jornal disse-me um dia que entre eles qd algum abusa (meter-se à frente, o tratamento adoptado é dar-lhe pontapés nas pernas)
efe diz:
o filho da puta meteu-se à frente da malta toda
efe diz:
éramos uns 8
efe diz:
e o gajo ia voltar-se e eu armei-me em louco e levantei a 10D: Levas com a máquina nos cornos, ou ainda queres ter razão?
calim diz:
todos os fotógrafos são umas bestas, tu incluído!


foto em grayscale ranhoso com velhas e bolos.
nao tem cheiro nem sabor mas é pena. perde quem lá nâo esteve e nunca estará pois nunca direi onde. procurar no alentejo em lenha de estevas
:)


a Alma Aflita está igual.
e mais um cliché de foto com foto não é anáfora: chamemos-lhe catáfora....só para confundir.

ps: o estupor da velha partiu o vidro da moldura comprada nos chineses e tem aquilo entre dois galos, cheio de pó.



FOTOS PARA TURISTAS.

quem nunca pecou que atire a primeira pedra: não literalmente, é claro.
:)